domingo, 30 de abril de 2017

#Resenha #Conto: A Mordida, Li Ferreira

E aí, gente, voltei! rs
Desde o lançamento do conto A Mordida, da autora brasileira Li Ferreira, estou louca de curiosidade para lê-lo, pois gostei muito de seu romance de estréia, Quebrando Regras.

A Li gentilmente enviou-me o e-book do conto agorinha e claro, corri pra ler!!


Confira a sinopse e resenha abaixo:
Sinopse: Em 14 de novembro de 2016, a lua cheia será extraordinária, não apenas por se tratar de uma superlua, mas sim por ser a maior e mais brilhante em cem anos!”
Davi, Antunes e Adriano sofrerão consequências desastrosas sob a magia desse fenômeno, por estarem em um lugar isolado, espaçoso e que deveria ser seguro...
Depois desse conto, você nunca mais verá uma mordida como antes.
Começo dizendo que gente, o que é essa capa?! Lindíssima! E apesar do conto ter sido publicado apenas em e-book da Amazon, a cada novo capítulo, temos essa arte da capa ampliada como ilustração. Achei lindo.

O conto A Mordida já começa instigante e de tirar o fôlego: Davi, um homem com um pouco mais de 30 anos, acorda no meio de um parque, todo ferido, angustiado, sentindo muitas dores e recebendo uma certa ligação com a lua e alguns "cachorros" que o cercam.
Após tentar em vão conseguir ajuda, Davi finalmente se da conta: foi mordido e transformado em lobo.

Horas depois, na ronda de segurança do parque já ao amanhecer, Antunes e Adriano, ambos vigilantes do local, são atacados pelos mesmos cachorros sobrenaturais.
Antunes é brutalmente dilacerado, deixando Adriano, que corre a seu socorro, num estado de estupor intenso, que o faz sair atirando com seu revólver sem enxergar direito e ter total consciência do que faz, e naquela noite da Superlua de 2016, também é atacado, embora sobreviva, aparentemente bem.

Dias depois, Adriano retorna à consciência no hospital, e descobre que o atentado sofrido fora apenas por cães normais que estavam com "medo" de humanos. E que o colega Antunes, estava desaparecido. Mas ele sabia o que tinha acontecido. Sabia do ataque brutalmente mortal que ele e seu colega de trabalho foram vítimas. Onde estava Antunes? Teria sobrevivido?
Chegando a relutar de suas faculdades mentais, cogitando estar ficando maluco, Adriano volta com a mulher e os três filhos para casa, assim dando início ao seu suplício.

Adriano ama a família e está grato por ter sobrevivido depois de tantos ferimentos profundos, porém, se torna muito violento e com pensamentos nebulosos, grotescos e que assustam a si mesmo.
Causando um impacto nos filhos e na esposa. Todos o temem agora, pois por qualquer coisinha, ele fica nervoso e sai tocando o terror pela casa.
Com uma agressividade latente, que transborda pelos poros, tomando conta de seu ser, Adriano resolve tomar uma decisão drástica!

Enfim, não vou falar muito mais para não correr o risco de soltar algum spoiler aí, rs

Gosto muito da escrita e criatividade da autora Li Ferreira. Ela transforma temas simples em tramas imperdíveis. Incrível sua capacidade de criar um novo mundo. Ainda mais fantástico / sobrenatural.

Eu amei esse conto, e a única coisa que tenho a reclamar é: nossa, Li, por que tão pequeno? kkk Eu realmente amei e quero mais. 
Gostaria muito que a autora o transformasse em livro ou mesmo, série <3 Uaaaau, tá imperdível!

Imaginem que demais, um livro sobre um grupo de lobos atacando em parques visitados por todo tipo de gente?!! Da uma trama fenomenal!!

Parabéns Li, e por favooooor, transforme o conto em livro (ou faça-se dele um prequel kkkkkk).

Em 53 página a autora soube dosar bem, criando personagens reais e cativantes, prendendo a minha atenção e me fazendo questionar cada reviravolta e decisões tomadas.

Realmente muito interessante! E a decisão que Adriano toma lá para o final do conto, olhaaaaa, é fechadinho. Mas chocou de uma forma, que PRECISA sim de um novo livro. Porque né, abriu um mundo fantástico para a gente.
Vem coisa boa por aí, posso sentir! (percebam que eu já estou contando com uma nova série da Li kkkk).

Leeeeiam!
Principalmente se vocês gostam de tramas sobre lobisomens e afins. Um sobrenatural bem real!



Siga a autora Li Ferreira nas redes sociais!

Beijo grande!
E mais uma vez, muito obrigada Li, pela oportunidade de lê-lo!

Ana M.

#Resenha: Um Homem de Sorte, Nicholas Sparks

Oie pessoal, boa tarde!
Hoje tem mais uma resenha de um dos meus autores prefes da vida!
Confira!

Lembram que em Março eu falei, nesse post aqui!, sobre a 2ª edição do desafio #Desencalhando Tudo!, que nesse ano seria para eu desencalhar os 8 livros do autor americano, Nicholas Sparks?
Então, o tio Nick é um de meus autores prefes, e eu quero muitoooooo ler todos os livros dele que falta para mim, ainda esse ano!

Porém, vejam só vocês rs, eu criei o desafio, e eu mesma não cumpri. Infelizmente não consegui ler nenhum em Março. E em Abril, só consegui terminar hoje kkkk o livro Um Homem de Sorte!

Passou raspando, mas deu! rs
Quero MUITO, vou fazer o possível e o impossível para ler pelo menos +2 dele agora em Maio! kkkkkkk

Enfim, chega de explicações, bora pra resenha! \o/

Em Um Homem de Sorte, tio Nick habilmente nos encanta e envolve numa trama bem diferente e cheia de desafios. O começo foi bom demais! O final, hum, não curti, me decepcionou. Porém, a escrita de Nicholas Sparks é extremamente primorosa.

Logan Thibault é um fuzileiro naval que já foi três vezes para o Iraque. Lá, encontrou perdida uma foto de uma linda loira, e sem conseguir encontrar seu dono, acabou ficando com ela.
Seu amigo também fuzileiro, Victor, lhe diz que a foto - a qual Logan não tira do bolso - é como seu amuleto da sorte, e vem que lhe ajudando a manter-se vivo.
Realmente, depois que encontrou a foto e passou a andar com ela no bolso, Logan quase morreu várias vezes, mas, inevitavelmente, teve sorte e conseguiu sobreviver.

Cinco anos depois, muitas coisas aconteceram. Decepções, perdas de amigos queridos, entre outras, Logan decide ir a pé do Colorado até a Carolina do Norte, para procurar a mulher da foto. Junto com seu cachorro, Zeus, atravessam o país, sem nem ao menos ter a certeza do porquê. Logan só sabe que precisa muito encontrar a tal mulher.

Pesquisando os detalhes da foto na internet, ele descobre que ela foi tirada numa feira em Hampton, e é pra lá que vai.

Depois de muito, muito, muito andar, Logan e Zeus finalmente chegou em Hampton e sim, encontram-se com Elizabeth Green, a moça da foto. Logan começa a trabalhar no canil da vó dela, uma senhorinha muito animada e divertida chamada Nana, e o filho de Beth, Ben, um menino de 10 anos muito fofo e extremamente mal tratado pelo pai, o policial Clayton, um homem nojento e pervertido que faz parte da família "real" da cidade. Sua família é riquíssima e praticamente comanda toda a cidade, perturbando assim a vida de Beth.

Obviamente Beth e Logan começaram a se conhecer melhor e logo começam um namoro. Logan se dá muito bem com Ben, que é um fofo e muito triste por ser obrigado a passar alguns dias com o pai!

Clayton é um dos personagens mais odiados que já li sobre. Extramente arrogante, manipulador, sem caráter. É um pervertido de primeira. Manipula com muita falsidade e sangue frio a vida da ex-mulher, Beth. E trata tão mal o Ben, que se eu fosse a Beth, daria uma surra de arrancar o couro dele. Mas ela sabe que nada pode fazer, pois com a família de Clayton comandando a cidade, sempre havia aquela ameaça de tirarem a guarda de Ben dela. Então, o jeito era aceitar e Ben, coitado, só sofria nas mãos do pai.

Quando Logan faz amizade com a família de Beth, e depois, passa a namora-la, ele cuida e da um jeito em Clayton, pois quando ele chegou à cidade, descobriu uns podres de Clayton e com isso, consegue dar um sossega nele.

O livro é rápido e no começo é bem gostoso de ler. A cada capítulo narrado em 3ª pessoa, descobrimos mais sobre cada personagem. 

O início foi muito bom, mas depois que Logan conhece finalmente a Beth, fica chato, a meu ver.

Muito corrido. Eles mal se conhecem e nossa, já estão superapaixonados, trocando juras de amor eterno kkkk

O embate com Clayton é complicado também.

Quando Beth descobre que Logan atravessou o país só para conhecê-la fica muito bom.
Porém, logo as coisas se desenrolam rapidamente. Numa hora ela está supernervosa - o que é bom, pois geraria uma grande reviravolta e tal, rs -, noutra, já o entende e perdoa, e fica tudo por isso mesmo.

O final é de tirar o fôlego. Gostei, apesar de também ter sido muito corrido. E a solução para o caso de Clayton, bem, ele devia ter sofrido e pagado mais por seus erros e crimes cometidos, mas acho que foi a solução mais plausível.

É um bom livro, mais para passar o tempo e ler algo leve.
Não foi o melhor do tio Nick pra mim, acho que deixou bastante a desejar.

Já comecei a ler o próximo que resenharei em Maio, Noites de Tormenta, e já prevejo seu final rs kkkkkk

E aí, quem já leu Um Homem de Sorte ou quer ler??
Não deixe de comentar!!


* Leia também as resenhas dos livros de Nicholas Sparks:


Essa resenha faz parte do Desafio #DesencalhandoTudo! criado pelo blog Elvis Gatão. Saiba mais clicando aqui!

Beijos,
Ana M.

#Resenha: Bom Dia!, Stormie Omartian

E aí, pessoal, beleza?
Curtindo o domingão?
Eu to tentando tirar o atraso das leituras \o/
E hoje, trago duas resenhas pra vocês!
De meus autores preferidos!
Confira!

Já faz mais de 2 anos que leio os livros da autora americana Stormie Omartian e amo todos! Gente, que escrita maravilhosa! Parece que a Stormie é amiga da gente há anos! Sabe como ninguém nos tocar e ainda traz uma narrativa inteligente, edificante e extremamente eficaz!

Em Bom Dia!, Stormie escreveu um capítulo para cada dia do ano, estilo devocional, afim de nos fazer refletir e analisar nossa vida com Deus + nosso desenvolvimento e relacionamento com as demais pessoas que surgem em nossa vida.

Apesar do livro ser de uma autora cristã, que traz como texto base a Bíblia, todas as pessoas podem lê-lo, pois a Stormie, sábia como é, trouxe à tona questões importantes e  de grande valor, que uma hora ou outra acontece em nossas vidas, independentemente de nossa religião.

Como lidar com problemas no casamento, como esperar que nossos sonhos e projetos aconteçam no tempo de Deus, como lidar com filhos, a grandiosidade de se ter família e amigos, vida espiritual, busca de fé e muitos outros assuntos totalmente valorosos e essenciais são tratados nesse pequeno livro, de uma forma muito sincera e sem julgamentos, sem cobranças.

Stormie Omartian deixa claro o quanto todo ser humano erra, mas têm o direito de mudar, de se transformar, de buscar novos caminhos e ajudas sempre que precisar.

É um livro incrível! E que deve ser apreciados, sem sombra de dúvidas.
Eu li numa tacada só rsrs
Porém, quem quiser pode lê-lo como devocional, um capítulo referente ao dia do ano e tal.
Ano que vem, vou tentar relê-lo assim!
E aí, quem já leu ou quer ler??
Não deixe de comentar!!



Essa é a quinta resenha de Abril do Desafio Literário Livreando 2017.
Da opção: um livro com capa amarela.
Saiba mais sobre o Desafio do querido blog Livreando, CLICANDO AQUI!

Beijos,
e até mais!

Ana M. 

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Conheça A Boneca Fantasma, do autor e blogueiro brasileiro Fernando Nery!

Minhas people,
precisei voltar ao blog e trazer mais indicações de livros incríveis pra vocês!!
O livro A Boneca Fantasma é de um autor e blogueiro brasileiro que gosto muito, o Fernando Nery, do Filósofo dos Livros!!!

O Fernando é autor, blogueiro, booktuber, teacher kkk e divertido do jeito que ele é, fico ainda mais curiosa para conhecer sua obra!

Assim que eu ler, é claro que trarei resenha para vocês!!!

Confira a sinopse e capa:
Crescendo em meio a bonecas, Laura adquiriu um hábito incomum: costurar vestidos para os brinquedos. Dessa maneira, tornou-se destaque ainda na infância, quando costurava para as colegas da escola. Na fase adulta, contudo, Laura levou a carreira de estilista adiante, mas manteve o gosto juvenil: suas modelos jamais deixariam de ser bonecas. Cativando a atenção de grandes celebridades e pessoas comuns, Laura se destacou mundialmente, quando os modelos que as bonecas utilizavam começaram a ditar moda. Tal como qualquer pessoa, amores não deixaram de surgir em sua vida. Mas, após a chegada de determinada mulher, tudo tomou um rumo diferente. "Não há nenhum mal em falar com bonecas, o problema é quando as bonecas resolvem responder", diriam os sábios...
Eitaaa, que essa história da Laura me deixa cheia das ansiedades e dúvidas kkk

• COMPRE AQUI!!! • 

Relendo a sinopse fiquei aqui pensando que realmente eu tenho que lê-lo logo, essa capa me da medo, mas tenho que conhecê-lo rsrsrs
Deixo aqui também agradecimento ao Fernando, que sempre comenta e lê as resenhas aqui no blog kkkk e os nossos comentários no face da muitas pérolas rsrsrs

• Conheça mais do autor Fernando Nery!
| FANPAGE | PERFIL PESSOAL | BLOG FILÓSOFO DOS LIVROS | CANAL NO YOUTUBE |

Beijoconas :*
Ana M.

Conheça O Beijo da Serpente, do autor brasileiro Ademilson Chaves!

Oiie gente, belezoca aí?
Vim trazer a dica de um livro que PRO - ME - TE!!
É do mesmo autor de A Escolha de Eron, O Estranho e Janelas Abertas!

Confira a sinopse e capa:
A vida de Mary no Reino do Norte não é nada fácil, ela vive com o pai e a irmã adotiva, Madeleine, além de uma loba de estimação por quem tem grande afeto e uma ligação misteriosa. Tudo fica mais difícil quando seu pai morre, e ambas — ela e a irmã adotiva — precisam encontrar um meio para sobreviverem. Mary descobre que a família do pai no Reino do Sul é provida de bens e status, e que ela está prometida em matrimônio ao futuro duque de Brendon. Desta forma, instigada por Madeleine a buscar essa nova condição e também em conhecer o noivo, ela parte ao lado da irmã e da loba numa longa jornada até o Sul. Contudo, Mary não desconfia dos planos diabólicos da irmã adotiva: no Reino do Sul, Madeleine se apaixona perdidamente pelo noivo de Mary, mas uma onda de mistérios e acontecimentos fazem com que as coisas mudem drasticamente. Madeleine torna-se duquesa de Brendon, Mary está entre a vida e a morte na grande Floresta Negra, mas um homem misterioso surge para mudar toda a situação e livrar Mary das garras de uma poderosa bruxa . Esses são os componentes que levarão Mary a descobrir que ela tem inimigos que jamais imaginou existir.
O Beijo da Serpente é um romance do gênero fantasia, com uma história de amor envolvente e bem traçada. Arrisque-se! Mergulhe nas páginas desse livro fantástico, onde amor e ódio, sangue e neve, fantasia e realidade prendem o leitor numa trama arrebatadora.
Muito legal né?!!! Eu adorei os livros que li do autor Ademilson Chaves e não vejo a hora de ler O Beijo da Serpente!
Assim que eu o ler, trago resenha para vocês! \o/

 • COMPRE JÁ AQUI!!! •

Por enquanto, ele está a venda apenas em e-book da Amazon, mas o autor já me disse que daqui a alguns meses o teremos no físico!!
AEEEEEH!

Espero que curtam muito a leitura!

* Conheça os livros de Ademilson Chaves já resenhados aqui no blog:

Abraços,
Ana M.