quinta-feira, 24 de novembro de 2016

#Parceria: Livro A Página Certa, do autor brasileiro Laplace Cavalcanti

E aí, pessoal, beleza??

Hoje trago uma notícia supimpa de boa para vocês!! O Blog agora é parceiro do autor brasileiro Laplace Cavalcanti!! E logo estarei resenhando seu livro, A Página Certa. Fiquei imensamente feliz e surpresa pela parceria, pois fazia alguns meses que eu queria muito ler A Página Certa! Agradeço ao autor pela confiança e carinho com o blog, de ter-nos dado esta oportunidade! =) A resenha sairá até semana que vem!! Vou começar a leitura agora mesmo! TO ANSIOSÍSSIMA!! kkkk

Eu amei a premissa do livro + as resenhas que li. Deu pra ver que é bem escrito, e com personagens cativantes e muito engraçados, o que me chamou muito a atenção. No momento, o livro está sendo vendido apenas em e-book no site da Amazon, aproveite que está superbarato! E também está disponível gratuitamente no Kindle Unlimited (esta bênção de Deus, rs).

O livro chegou hoje e eu aproveitei para tirar algumas fotos. Confira-as abaixo e também conheça mais sobre a obra e o autor. SINOPSE
Já na idade em que as mulheres geralmente estão casadas e planejando seu primeiro filho, Cláudia relaciona isso ao insucesso de sua carreira profissional. Afinal, quem compraria romances de uma escritora fracassada no amor? Para piorar, sua editora não renovou seu contrato. Desesperada sem saber que rumo tomar, a escritora recebe uma incomum proposta de um grande empresário.Excêntrico, dramático e mesquinho - dentre outras "qualidades" que possui -, Renato quer a ajuda de Cláudia para encontrar uma mulher para casar. Apesar de estar certo que nenhuma mulher recusaria o grande partido que ele é, por não ser nada romântico, o empresário chega à conclusão que só a escritora de romances ilusórios sobre a fantasia do amor verdadeiro - segundo ele próprio - poderá ajudá-lo.A proposta vai contra tudo o que Cláudia acredita, mas as contas estão se acumulando e seu corpo precisa mais que achocolatado e bolacha para sobreviver. Será que a escritora dará conta de cumprir esta missão quase impossível?
Nascido em 1989 em João Pessoa - PB, Laplace Cavalcanti escreveu sua primeira história aos 8 anos, não tendo parado desde então. Aos 13 anos foi um dos agraciados pelo Prêmio Jovens Autores do Pio XI Bessa, colégio onde estudava. É o autor dos livros A PÁGINA CERTA e PASSOS DE UM UNIVERSITÁRIO, e de diversos contos publicados na Amazon e no Wattpad. Além de escrever também possui um canal no Youtube onde posta vídeos sobre literatura, vlogs e às vezes alguns gameplays.

SITE OFICIALLOJINHAPERFIL NO WATTPADFANPAGEPERFIL NO FACEBOOKPERFIL NO SKOOB TWITTERCANAL NO YOUTUBEINSTAGRAM E então, vocês gostaram? Aiiii eu ameeeei!! Fiquei tão feliz com a parceria, que até passei mal quando o autor me contatou dizendo que eu tinha sido uma das selecionadas *-* Pensa na dor de estômago que me deu! kkkkkkkkk

O livro é ainda mais lindo pessoalmente. Ele tem uma capa fosca (e esse modelo é uma gracinha, uii, rsrs), páginas amareladas e fonte/diagramação na medida certa. Muito bem trabalhado e caprichado, além de ter vindo com vários marcadores também lindíssimos e uma dedicatória e autógrafo do autor! ADOREI!

Vocês também podem ler dois contos do autor gratuitamente no Wattpad!
MESTRE DE MARIONETES e A ESTRADA. (Clique nos títulos). Muito obrigado, Laplace! Já to apaixonada pelo seu livro, rsrsrs
=)

E vocês, estão esperando o que?? COMPRE LOGO AGORA NA BLACK FRIDAY, MEU POVO!! kkkkk E assinem o feed do blog para não perderem a resenha, hein?! Beijo grande, Ana M.

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

A Literatura em Minha Vida

E aí, povão, belezoca??

Hoje o post é especial!! \o/


Na verdade, sempre posto aqui com muito amor, todos os posts são especiais pra mim, mesmo eu sumindo com frequência kkkkkkk

Mas hoje é mais especial, porque em Outubro eu completei o total de 600 livros lidos em toda a minha vida!! AEEEEH \o/

E eu quero muito falar abertamente com vocês sobre literatura no geral. Preconceitos literários - sobre gêneros, com autores específicos, naturalidade, etc.

Minhas experiências com leituras e com autores. As loucuras que já fiz para adquirir um livro. O quanto são imprescindíveis para mim e muito mais.

Eu escrevi alguns posts, que irei postando aos poucos, porém, não tenho um número específico, conforme eu for me lembrando de assuntos que valem a pena serem discorridos, irei postando aqui!

Então, quem vem comigo nessa viagem ao meu mundo, a minha vida?

Tenho muita coisa para falar, e o que posso adiantar é: vamos amar ainda mais os livros e reconhecer o seu valor. O valor de cada escritor, a arte que muda vidas e nos faz superar e derrubar tantas barreiras!

Por isso estou nomeando esses meus textos como a "Série A Literatura em Minha Vida", com o intuito de lermos e amarmos mais os livros e seus incríveis "progenitores".

AAAh, vou fazer listinha dos meus preferidos da vida!!!
Embora este esteja sendo o texto mais difícil, porque a lista NÃO PARA de crescer!! rsrsrs

Tomara que curtam, e comentem muito! Objetem, discutam. Só peço mais amor, e nenhuma agressão! rs

Bora nessa?

Daqui há pouquinho sai o primeiro desabafo! kkkkk

Beijos,
Ana M.

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

#Resenha: A Luva de Cobre, Holly Black e Cassandra Clare (Série Magisterium #2)

Oii minhas people, tudo certo?
Mais uma resenha de um livro aguardadíssimo por mim! rsrs
Confira o que eu achei!!


De volta ao Magisterium e de uma forma bem inusitada, após fugir de casa e ir parar numa festa de arromba na casa de Tamara, Call, bem desanimado por ter ficado longe dos amigos e brigado com o pai, não aproveita muito seus primeiros dias de aula, apesar de estar empolgado que logo ele, Aaron e Tamara, sairão em novas aventuras incubidas pelo Magisterium, a escola de magia que frequentam.

Porém, depois de ficar nervoso pensando sobre aquele segredo que é deixado no ar no final do primeiro livro (não posso contar, porque é spoiler), e mais os segredos do pai que descobriu, Call, sem aguentar mais, bota a boca no trombone e revela aos amigos esse segredo tenebroso que Alastair, seu pai esconde.

Tamara, chatinha como sempre, o menina implicante! Me deu uma raiva dela diversas vezes nos livros kkkk conta o segredo para o mestre Rufus, encarregado dos três, e vira uma correria para prenderem o pai de Call, o que o faz fugir, junto com os amigos a fim de encontra-lo antes e faze-lo devolver a alkahest, o objeto poderosíssimo que roubou (relacionado com aquele segredo do Call), e que pode destruir a vida de muitos, principalmente de Call e Aaron.

O livro é mais ou menos isso aí. Nossa, achei supermonótono, foi difícil de ler, porque gente, que sono me deu! A leitura foi engrenar já passando da metade!

Eu confesso que gostei bem mais do primeiro livro, achei esse bem fraquinho e continuou sem dar várias respostas, pelo contrário, deixou mais pontas!!

Aquele segredo do Call (fica estranho falar sempre no segredo, mas é que não posso revelar esse spoiler, mesmo!), ainda não é totalmente confirmado o que me deixou chateadíssima kkk  surgindo outros questionamentos e novidades.

O final foi interessante, deu pra perceber que ou os próximos três livros cairão, ou serão bem mais legais e envolventes - assim espero!!!

Nessa obra, a aventura toda contou com a "participação especial" de Jasper, que era bem chatinho com os três, principalmente com o Call. E foi legal ver ele menos marrento, e mais amigo.

O Call continua divertido e estabanado, sempre se metendo em confusões, uma atrás da outra, e com aquela carência de família e amigos. O Aaron não estava tão bacana como no livro anterior, e a Tamara o mesmo cocozinho de sempre kkkkkk a menina pode ser esperta, porém, é chataaaaa! rs

Poderia ter sido melhor, não gostei muito, e fiquei pensando em parar a série por aqui. Só que né, sou curiosa, por isso já comprei o e-book do terceiro livro, que chama-se A Chave de Bronze.

Lerei rapidamente e logo mais trago resenha dele também!

Quem já leu ou quer ler, não deixe de comentar!!

• COMPRE AQUI!!! •


Beijocas,
Ana M.

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

#Resenha: O Encontro, Richard Paul Evans (Série Caminhos #1)

Oii gente, tudo bem??
Hoje tem resenha de um livro que eu queria ler há anooooos! Finalmente matei minha vontade rsrsrs
Confira o que eu achei!!


Em 2012, numa visita que fiz à livraria na véspera de Natal, encontrei na promoção o livro O Encontro de Richard Paul Evans, o primeiro volume da série Caminhos.

Fiquei compenetrada, encantadíssima pela capa, apesar de ter achado pela sinopse o livro um pouco triste.

Naquele dia não pude comprar e por fim, fui postergando até semana passada, quando o adquiri numa troca no sebo! 
Cheguei em casa toda feliz, corri ler, e... minha decepção não podia ser maior!!! =(

Não gostei nem um pouquinho do livro. Na verdade, detestei. kkkk
Talvez vocês gostem, e como podem ver a capa é lindíssima, entretanto, a história deixou MUITOOOOO a desejar.

Alan, o protagonista, é um publicitário esperto e bem sucedido que rapidamente conquistou seu espaço e um bom dinheiro. Casado com a sua melhor amiga de infância, McKale, vive plenamente feliz e realizado, não desejando mais nada da vida.

Porém, a vida segue como sempre pregando peças quando menos esperamos, e McKale sofre um acidente, cai do cavalo que tanto ama e além de ficar paralítica, após um mês, morre de infecções causadas pelo trauma. E não, isso não é um spoiler, a morte da personagem já é sabida na própria sinopse do livro.

Enquanto cuidava de McKale, Alan é traído pelo sócio, Kyle, que rouba sua empresa e dinheiro, deixando-o à deriva. Sem carro, casa, emprego, sem nada.

Alan decide sair numa caminhada sem nem pensar muito a respeito, para espairecer e pensar na vida.

O livro já começa desandado pra mim. Primeiro que é tudo muito rápido, a descrição sobre a infância de Alan, como conheceu McKale, sua relação com os pais, etc., são bem superficiais e sem base, não da para imaginarmos os personagens, termos suas personalidades e desenvolvimentos estruturados em nossa mente.

Quando McKale morre, Alan simplesmente aceita tudo numa boa, não vai atrás de denunciar seu sócio, ver se consegue o que lhe foi roubado. Simplesmente pega uma mochila com poucas roupas e comida, e sai. Simples assim kkk

No caminho ele conhece algumas pessoas legais, sem muito diálogo, sem muitas aventuras, fala apenas com um e outros, e anda bastante, vários quilômetros por dia.
As maiores descrições são dos alimentos que ele come. Todo dia almoça e janta, e cada pratão!!
Não que ele não devesse comer, é claro, só que isso me incomodou muito, porque o cara não tinha grana pra nada, e o pouco que tinha no banco gastava comendo cada prato bem feito, típico e tal. Se o autor quis mostrar que ele estava aprendendo novas culturas, adquirindo mais experiências, a meu ver, pecou gravemente, poderia com certeza ter explorado mais a dor das perdas de Alan, sua força e vontade para recomeçar e seu relacionamento com as pessoas que foi conhecendo pelo caminho. E não desperdiçado páginas narrando sobre comida kk

Eu NUNCA acreditei em sinopses, NUNCA. Porque sempre são enganosas, na maioria das vezes, não relatam nem um quarto do que acontece no livro, e não é spoiler que quero, é relatar brevemente o que encontraremos, porque com O Encontro eu confiei na sinopse e detestei. O livro não fala sobre recomeço como nela é descrito, e sim, sobre um rapaz que perde muito e sem saída, sai por aí, sem um rumo certo, sem muita vontade de viver.

A escrita não é grandes coisas também, achei bem bobinha, parecia um livro infantil.

Desculpem-me mesmo quem gostou do livro, porém, eu realmente não curti nada, vai voltar pro sebo kkk logo trocarei ele, não rolou pra mim.

• COMPRE AQUI!!! •


Essa é a primeira resenha do mês de Novembro para o Desafio Alfabeto Literário (Clique aqui para saber mais).
As iniciais correspondentes são R e Y.

              Submissa?, Fabiana Bertotti
              Um Porto Seguro, Nicholas Sparks
              O Resgate, Nicholas Sparks
              Uma Longa Jornada, Nicholas Sparks 
              Maria, Francine Rivers

E aí quem já leu ou quer ler?
Espero que gostem mais que eu, rsrsrsrs

Beijo grande!
Ana M.