domingo, 7 de maio de 2017

#Resenha: Sebo Fernandes, L. L. Alves

Oii pessoal! E aí, curtindo muito o domingão? Hoje tem resenha de um livro especial, de uma das minhas autoras prefes da vida! Confira!


Em Sebo Fernandes, da autora brasileira L. L. Alves, conhecemos a jovem Luciana Prestes em seu último dia de aula. Luciana sofre um bullying extremamente desonesto e grotesco, de sua colega de classe, Cristiane. Esta, sem motivos para cometer tal ato, morre de inveja de Luciana e faz de tudo para prejudica-la. A cada ocasião, não perde a oportunidade de humilhar e agredir Luciana. Luciana perdeu o pai há dois anos e desde então, entrou numa profunda depressão. Sua mãe, Mônica, está numa calamidade. Depressiva, nervosa, ansiosa, dolorida, quebrada. Incapacitada de continuar com suas tarefas rotineiras e deixando até mesmo, de amar e ajudar a própria filha. As duas sofrem muito com o luto presente. Nada lhes tira a sensação de estarem mortas para a vida. A dor física e psicológica é palpável e difícil de ler, apesar de ser um livro convidativo, e que nos deixa ansiosos para saber mais do que acontecerá com Luciana, tem partes que é complicado de ler, pois sentimos na pele os sentimentos mais dolorosos que as afligem. Eu e Luciana temos muito em comum: minha mãe também se chama Mônica e ela e eu tivemos depressão. Luciana queria muito cursar Letras, eu cursei por 2 anos e minha mãe ainda quer kkkk, embora eu não tenha gostado nada kkkkkk e tanto ela, quando eu, minha mãe, e a Mônica mãe dela, somos sonhadoras e fortes, embora a vida viva tentando nos derrubar. O que eu mais adoro nos livros da diva maravilhosa, L. L. Alves, é o fato de ela trazer à tona sentimentos, atitudes, personagens tão reais e apaixonantes e ao mesmo tempo, errados e com falhas humanas. Eu me emocionei muito com a história de Luciana e de sua mãe. E, assim como ela, primeiro com a ajuda de Deus, e depois, com as leituras e até com o blog, sai daquele momento horroroso de depressão e voltei à vida. Mais completa posso afirmar, como ela! As partes em que trata dessa doença tão terrível são fortes e tristes, porém, muito importantes de serem lidas e refletidas. Parabéns para a autora, ficou incrível! E trouxe aquele toque especial e oportuno para os leitores! Bem, Luciana quer cursar Letras, só que com o estudo defasado que o Brasil oferece nas escolas públicas, ela sabe a dificuldade que enfrentará, principalmente por suas dificuldades financeiras que a impedem de cursar um pré-vestibular. Sua querida profe de Português, Rosângela, uma senhorinha maravilhosa e supersimpática, paga as primeiras mensalidades do cursinho para Luciana, ajudando a sua tão amada pupila. Luciana relutantemente aceita e é nesse cursinho que conhece o sobrinho da profe Rosângela, o também profe de Português, Henrique. E é aí, que nossa história começa a ficar doooooce *----* Henrique é um fofo, professor e filho muito esforçado, ajuda a mãe a trabalhar no Sebo Fernandes, propriedade da família há gerações, e depois, leciona no cursinho. Lentamente é cativado pelo jeito tímido e retraído de Luciana, e quando acontece algo triste e bombástico na história - que não posso contar que é spoiler, rsrs - e a garota não pode mais frequentar suas aulas no curso, ele gentilmente a convida para ir ao Sebo, que ele gratuitamente a ensinará e ajudará com o que puder. Nessa idas ao Sebo, Luciana e Henrique passarão por muitas coisas. Muitas emoções, discussões, enganos, desencontros, dúvidas, amor, amizade, ah, quantas reviravoltas! Como sempre a autora que tanto gosto e admiro, L. L. Alves, nos impacta com personagens reais, em sua forma mais bruta e sensível de ser. Tocando fortemente meu coração, me fazendo sorrir, chorar e sentir raiva em demasiadas proporções! Amei o livro, a única coisa que me incomodou foi o Henrique, porque ele é um fofo, mas têm uma baixa auto-estima maior que a minnha kkkkkkk geeeeente, a garota sofrendo, e ele lá! Cheio das dúvidas, falhando nas atitudes! Ai Henrique, eu esperava mais de você, hein! A Cristiane, aquela vaca, que fez um bullying violento com a Luciana na escola, volta com tudo no decorrer da trama e apronta cada uma, que olha, ô vontade de entrar dentro do livro e dar uns sopapos nela! Vacona! O Juca, irmão gêmeo do Henrique, foi outro que me deu vontade de pegar de chicote! Ô cara safado! E que trouxes grandes e inesperadas surpresas, foque nele! rs Sebo Fernandes pode ser lido numa sentada só e tem uma leitura gratificante, nos fazendo refletir e ter consciência sobre as doenças e traumas que afeta nossos semelhantes e o quanto precisamos SEMPRE respeita-los, independentemente de nossa opinião. O que me desagradou foi só o Henrique ter sido meio bocó e a obra ser curtinha, poxa, Luene, que rápido, queria mais, menina! rsrs Indico muito a leitura, e o melhor, ele está gratuito no wattpad, ou seja, não há razão para não lê-lo!!
• LEIA NO WATTPAD AQUI!!! •



Essa é a primeira resenha de Maio do Desafio Literário Livreando 2017.

Da opção: um livro que o autor tenha nascido em Maio, a L. L. Alves, fará niver no dia 27 deste mês (um dia antes de mim *-*).

Saiba mais sobre o Desafio do querido blog Livreando, CLICANDO AQUI!

Beijos,

e até mais!
Ana M. 

2 comentários:

  1. Pareceu-me um livro fácil de ser lido, mas com toques que proporcionam reflexões de forma bem divertida. Gostei!!!

    ResponderExcluir
  2. Ana!
    Não li nada da autora ainda e parece que conseguiu escrever um enredo bem crível, próximo a nossa realidade e nos faz acreditar na história e ainda trouxe o drama da doença.
    Bom.
    Desejo uma ótima semana!
    “Conhecer os outros é sabedoria. Conhecer-se a si próprio é sabedoria superior.” (Lao-Tsé)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião sobre o post!
Sem comentários ofensivos.
Assim que puder, retribuirei a visita!

Beijos,
Ana M.